Adeus gordura! Quando realmente é a hora de mudar?

São -10kg, e muita história pra contar. Se você quer mudar assim como eu, pega um café, sente-se confortavelmente, e vamos a leitura, pois este post é quase um livro com bem mais de 140 caracteres!

Meu lindo e compulsivo histórico!

Eu sempre vivi a base de fastfoods, sorvetes, chocolates (barras inteiras, pois não consigo comer um pedacinho só), pizzas, friturinhas, mais friturinhas, coca-cola, chocoleite (ex-amor maior), pão de queijo, mais coca-cola e minhoquinhas ácidas com muito açúcar… Só que depois de chegar a 14kg acima do seu peso ideal, começar a ver fotos que seus amigos te marcam, (onde você parece o nhonho do Chaves), ouvir seu pai dizer, depois de você colocar seu biquine novo, Mas tu tá gorda heim! e sua tia ao lado concordando e dizendo: É, a Carol está mais rechonchudinha mesmo! RECHONCHU… -QQQ??? Aííííí tocou no meu sentimental, aííí pegou pesado! Depois dessa, DEFINITIVAMENTE, resolvi botar um ponto final.

Nunca é tarde demais para ser aquilo que sempre se desejou ser! George Eliot

Mas quando eu realmente decidi mudar, eu tinha apenas uma certeza: Chega de dietas, chega de perder peso! O que se perde, se encontra! Portanto, o foco é eliminar e viver saudável! E as dietas da sopa, da lua, dieta uga uga, dieta da tânia amiga… (sério, isso existe!) Esquece, não dá certo!

É preciso mudar hábitos! Trocar todas as besteiras, por alimentos saudaveis e também gostosos. Isso se chama R.A (Reeducação Alimentar). Acredite, esse sim, dá certo! Mas antes de mostrar as substituições que fiz, quero focar em um item mais importante do que simplesmente mudar a alimentação: é preciso mudar sua mente!

Pensar antes de comer e não comer para depois pensar. É preciso ter consciência, ter uma motivação e se comprometer. E isso, pra mim foi e é, a parte mais difícil.

Em todo meu processo, vi muita gente dizer: Vaiiii ser feliz, vai comer!, Eu nunca deixaria de comer o que eu gosto pra ficar magra!, Prefiro ser gorda e feliz por comer o que eu gosto!.

OI? VAMOS POR PARTES!

“Vaiiii ser feliz, vai comer!”

Meu caro, me responda: O que é felicidade para você?
O seu conceito de felicidade é diferente do meu, e que é diferente de todos os outros seres do mundo.

Vou falar por mim: Primeiro, eu não estava feliz com minha saúde. Não tinha disposição. Não conseguia subir um andar de escada que fosse. Vivia cansada e com preguiça de fazer tudo e qualquer coisa. Só queria comer. E claro, eu não estava feliz com meu corpo. Cheguei a um ponto de ter vergonha de sair na rua. Não usava roupas que gostava, pois eu tinha bom senso. Não ia sair por ai de micro shorts e regatinha branca justa com TUDO sobrando, explodindo e molenga, OK? Eu me escondia no verão por debaixo de blusinhas fechadas, roupas largas e calças. Sempre! Não soube lidar com isso, portanto não estava feliz.

“Eu nunca deixaria de comer o que eu gosto para ficar magra!”

Alguém aqui disse que eu deixei de comer o que eu gosto?

Substituições e mais substituições! Eu não deixei de comer nada de repente, fui cortando o que realmente não prestava aos poucos e trocando outros alimentos. Refrigerante adios! Reduzi o açúcar e troquei por Sucralose! Farinha de trigo, por farelo de aveia. Meu nescau e chocoleite matinal, troquei por Trio Zero (Aliás, melhor que qualquer achocolatado que já tomei!). E minhas tardes comendo brigadeiro de panela, troquei pelo brigadeiro de chuchu! Duvidou né?! Primeiro, deixe de lado o preconceito com o chuchu e veja a receita aqui! Aliás, aquela cereja de bolo que você briga por ela em toda festinha, é feita de chuchu, ok?!

Ao invés de um hambúrguer do McDonalds, porque você mesmo não compra pão de hambúrguer integral, faz sua própria carne no forno, sem óleo e temperada do seu jeitinho?! <3 Use um queijo menos calórico e as saladas que você gosta! Você deixou de comer hambúrgueres? Eu não deixei, viu?!

“Prefiro ser gorda e feliz por comer o que eu gosto!”

Vamos ser sinceros agora, você está feliz mesmo com seu sobrepeso?

Se você está realmente feliz e se ama assim, saiba que você tem minha admiração! Pago um pau fu**** para quem se gosta do jeito que é, sem ter que se encaixar em padrões de beleza impostos pela sociedade. Porém, vejo muita gente que está acima do peso dizer eu amo meu corpo! foda-se, como mesmo! e no outro dia dizer começando a dieta. Não entendo, e nunca vou entender. Christina Aguilera disse que se amava com seus quilinhos extras e depois apareceu magérrima! E a Gaby Amarantos e Preta Gil também demonstraram essa bipolaridade ao entrar para o Medida Certa do Fantástico.

Eu assumo desde o primeiro dia que passei a vestir 42: NÃO GOSTO NADA DO QUE VEJO NO ESPELHO!

E se você realmente não está feliz, tá esperando o que pra mudar? Comece acreditando em você! Afinal, nenhum obstáculo é tão grande se a sua vontade de vencer for maior. (Estou tão me sentindo autora de livro de auto ajuda! haha)

Vamos aos números!

- Carolina Lima, 1,52 de altura, com fortes tendências de ser gordinha, pesou 50kg dos seus 16 aos 20 anos.
- Neste período passou lutando contra balança com o sonho de voltar a pesar os 48kg de quando tinha 15 anos.
Resultado: Nunca conseguiu chegar nos 48kg! A causa? ACHAVA QUE ESTAVA COMENDO CERTO.

Dos 20 anos aos 24 anos, consegui ir de 50kg para 62kg. SIM! UM METRO E MEIO DE ALTURA E 62KG!
Meu percentual de gordura era 45%! SIMMMM! PRATICAMENTE METADE DO MEU CORPO ERA BANHA!

Oh meu deus Carol!!! Mas você disfarçava muito bem essa gordura toda!
A resposta também é SIM, eu disfarçava! E posso dizer que essa gordura toda era MUITO bem distribuida!

E isso é notavel ao perceber que minha panturrilha era do tamanho de coxa de muita gente! Eu cheguei a ter 43cm de panturrilha!!! QUARENTA E TRÊS!!! Mede sua coxa ai e vamos competir pra ver quem ganha, vai! #desafio #suacoxaXminhapanturrilha

Ao quase sucesso e a desmotivação!

Em janeiro eu estava com 62kg. Meu objetivo? Perder 14kg! De fevereiro a maio, perdi 8kg. Totalizando: 54kg! E não teve segredo: Reeducação Alimentar + Atividade Física diária com duração de duas horas. Eu não fazia musculação, ODIAVA inclusive. Eu fazia Jump, Step, Combat, Pump, RPM e Boxe. E eu não faltava a academia por nada. Quebrei o braço no meio do meu tal projeto e isso não foi motivo pra me fazer ficar em casa. Olha a força de vontade sambando na minha, na sua e na nossa cara, minha gente!

Porém, recebi uma proposta de trabalho e tive que me mudar. Largar completamente toda minha vida em Floripa e vir para São Paulo. Tive que parar a academia, não me alimentava direito, não sabia cozinhar, e para ajudar: visitar a terra natal forçou a barra! Visitei Floripa nesse meio tempo e viajei para Buenos Aires. E aiii comi tudoooo o que tinha direito, tive que me dividir entre meus amigos e comer com cada um deles. Churrasco, sushi, caipirinhas, alfajors e camarão a milanesa! Resultado? 4kg a mais!

Cortei os pulsos? Quase! Todo mundo já sofreu alguma recaida na vida e a gente aprende com elas. Eu tropecei e cai. Mas a decisão de ficar no chão ou levantar foi minha. E eu, mesmo com muita dor, levantei!

Em julho estava então com 58kg. Entrei na academia aqui em São Paulo, ia malhar de segunda a quinta, comecei a me cuidar novamente de segunda a sexta, mas me permitia as caipirinhas no fim de semana, os open bars, os cachorros quentes no fim da balada e dizendo pra mim mesma: Ahhh hoje pode! Hoje é o dia do lixo!

#ficadica: Não tente se enganar e enganar as pessoas em sua volta. A gordura é sempre visível, ok?!

O insucesso é apenas uma oportunidade para recomeçar de novo com mais inteligência! Henry Ford

Fiquei 1 mês nessa, e minha variação de peso me deprimia! Ficava variando entre 57kg e 58kg o tempo todo e não saia disso. Até que eu disse: CHEGAAAAAAAA DEMONHO!!!!!!!! VOU EM UM NUTRICIONISTA!!!

 

Quando o négocio realmente começou a andar!

Sempre achei que ir em um nutricionista ia ser dinheiro jogado fora, AFINAL, eu me achava a ENTENDIDA e sabia o que era comer certo! AHAM CAROL, SENTA LÁ! E já que eu estava decidida que precisava de um e que ia ter que pagar mesmo, pagaremos algo PARA FAZER VALER A PENA! Então, decidi optar por um Nutricionista Esportivo! Se é para se ferrar, vamos se ferrar bonito, oras!

Minha primeira consulta foi no último sábado de agosto e ele sambou na minha cara. Mostrou que metade das coisas que eu achava saúdavel era uma porcaria. Ele tirou minhas medidas e fez o exame mais deprimente da vida chamado BIOIMPEDÂNCIA. Neste exame ele consegue analisar o quanto você tem de massa magra, de gordura, de água, qual seu metabolismo, qual seu IMC, qual seu percentual de gordura, o quanto você deve eliminar e o quanto você deve ganhar. E ele mostra ATÉ OS LUGARES onde você tem mais banha e mais musculo! G-E-N-I-A-L, D-E-P-R-I-M-E-N-T-E, mas M-O-T-I-V-A-D-O-R! <3

Ele criou um cardápio pra mim, em cima de tudo o que eu gosto e sendo o mais saudável possível. Como não amar um negócio desse? E claro, ele me passou suplementos, MUITOS suplementos… Diariamente eu tomo ~vinte e cinco capsulas + whey~ ASSUSTADOR, eu sei!

Ahhh Carol, mas não consigo seguir cardápio e muito menos seguir horários! Não tenho disciplina!
#ficadica: PARE COM AS DESCULPAS!!! Se você realmente quer mudar, você consegue!

Você está lendo o post de uma pessoa que NUNCA conseguiu finalizar tratamento de doença alguma, por falta de disciplina! Já tive amigdalite bacteriana nível #gargantafechandoquasemorrendoenãosabia e a médica me passou um tratamento de 10 dias com milhões de remédios. OK, tomei nos dois primeiros dias e só. E isso pra tudo na vida. Falei isso para meu nutricionista, ele riu e disse: Ou tu muda ou tu volta pra casa agora e esquece a consulta!

Sim eu consegui! Estou a um mês e meio tomando todo dia meus suplementos, comendo a cada três horas, tomando quase 3l de água por dia, seguindo o cardápio com suas diversas possibilidades, indo para academia TODOS os dias. E quando estou pilhada, vou sábado e domingo! Cortei o alcool, optei por não fazer refeição lixo, e os resultados estão ai:

De 62kg para 52kg na balança;
- 14cm de barriga;
- 7cm de cintura;
- 6cm de coxa;
- 5cm de PANTURRILHA! Eeeeeeeeeee! o/

Carol - Antes e Depois -10kg

Carol - Antes e Depois -9kg

Carol - Antes e Depois -8kg

Da calça 42 fui para 36. Minha roupa de formatura dos meus 16 anos voltou a servir e estou usando as calças de quando eu tinha 15 anos. Ahh, e claro, ouvir seu pai dizer: Pooo, tá mais fininha heim! Isso gente, isso pra mim é a ~felicidade~!

Não é fácil, não é rápido e tem que ter paciência! E mais um #ficadica para vocês anotarem pela casa: Não tenha medo de crescer lentamente. Tenha medo apenas de ficar parado!

Não digo que falta muito ainda, pois isso vou levar pra minha vida. Terão pessoas tentando me desmotivar, terão pessoas me motivando, terão TPMs me implorando por chocolate e terão dias de preguiça para ir malhar… Mas o importante aqui é que existe o chuchu pra fazer brigadeiro (RS RS), nunca desistir e manter-se focado. Um amigo me disse uma vez: O faixa preta é o branca que nunca parou! #anoteissotambém

Nos próximos posts publicarei as dicas do meu nutricionista, substituições que você pode começar fazendo, como se animar para ir malhar, como se motivar para começar e o que mais vocês tiverem de dúvida! :) Só comentar aqui e sugerir!

E para quem vai esperar para começar a mudar os hábitos e a academia na próxima segunda, você já está começando errado. Comece agora! Dê essa barra de chocolate que está ai na sua mesa para seu inimigo, desmarque a pizzaria de hoje a noite e jogue o salgadinho que está na sua gaveta fora! (Nem seu inimigo merece toda a quantidade de sódio que tem nesse pacote!)

Lembrem-se: Mais importante que a vontade de vencer é a coragem de começar! James Thompson

Até a próxima! :))