1 ano de São Paulo! <3

A exatamente 1 ano atrás troquei Florianópolis por São Paulo. E para mostrar como foi toda essa mudança e quem sabe motivar pessoas que querem fazer o mesmo, aí vai um pouquinho de como tudo aconteceu! :)

A pergunta que mais escutei e ainda escuto durante este ano é: “Por que diabos trocasse Florianópolis por São Paulo?” ou melhor, “Maaaano, por que cê trocou Floripa por isso aqui?”

Calma, vou me explicar!

Desde meu primeiro dia na faculdade de Publicidade e Propaganda, ouvia meus professores falarem: “São Paulo é O mercado!” “É lá onde tudo acontece!” “As maiores agências estão lá!” “Temos ex-alunos que foram e se deram super bem!”

Pronto. A semente foi plantada. Eu sabia que um dia me mudaria. Só não sabia quando. Não sabia como. Não sabia pra onde.

Mas mudar não é fácil. Qualquer coisa que tire você da sua zona de conforto dá preguiça, dá medo. Eu sempre tive uma família irada, pai engraçado, mãe melhor amiga e irmão pentelho que eu amava irritá-lo. Sempre convivi muito bem com minha família. E em Floripa, eu também tinha muitos amigos. Eram muitas festas, muitos churras, muitos encontrinhos todos finais de semana. E, sim, isso eu já sabia que ia fazer uma falta enorme.

As pessoas têm medo das mudanças. Eu tenho medo que as coisas nunca mudem! Chico Buarque

Meu trabalho também era muito legal! Trabalhava na Administração Regional do Senac Santa Catarina, tinha um cargo BEM bacana, e o principal, fazia o que amava! Porém, eu já não estava mais satisfeita. Uma das coisas que eu mais amo no trabalho é poder chegar em uma empresa e “organizar a casa”, implantar coisas novas, contribuir com coisas diferentes, compartilhar o que sei com demais colaboradores, mudar tudo! E no Senac eu fiz tudo isso! Ensinei desde o estagiário ao colaborador com 30 anos de casa gerenciar de forma correta as redes sociais. Foi realmente incrível! Eu sentia que eles aprendiam comigo, mas era eu quem aprendia mais ainda com todos eles. Porém, senti que minha minha missão chegava ao fim. Eu queria algo novo, uma nova oportunidade, poder aplicar o que eu sei em outra coisa, sabe?!

E foi aí que entrei em desespero! Pois, o mercado de Floripa é MUITO restrito. Eu não tinha muitas opções. Já estava trabalhando na empresa mais legal e no trabalho que eu sempre quis estar. Eu poderia ficar lá. Eu poderia continuar com minha vida boa, tranquila e confortável. Mas eu não queria! Não tinha mais perspectivas de crescimento. Estava estagnada. E estagnar, ah, isso não é comigo!

E quando entrei na pior semana de todas, numa bad vibe sem tamanho de não saber o que fazer e para onde ir, meu telefone toca: Oi Carol, abriu uma vaga aqui na Locaweb em São Paulo. Quer vir?!

DESTINO, SEU CRETINO! Era meu futuro atual chefe me dando a notícia que eu achei que nunca iria ouvir. A gente nunca está preparado né?! E sem pensar muito eu disse SIM.

Claro, que eu não recebi a ligação por acaso. Eu já conhecia a equipe da Locaweb de diversos Eventos que eu ia, já havia palestrado em três edições, e fazia parcerias entre a Locaweb e o Senac! Faça network, ele funciona! :)

Screen Shot 2014-04-28 at 4.24.29 PM
(Meu primeiro post depois de saber da notícia! Essa sou eu ~auto~ me ajudando!)

Tive uma semana para decidir minha vida! Dar a notícia para meus pais (pior parte),  dar a notícia para o namorado, pedir demissão, avisar os amigos, conseguir um apartamento, arrumar a mudança, comprar passagens. E não, nem tive tempo para me preparar psicologicamente.

Foi no susto! Foi no medo! Foi sem muito pensar. Mas foi! :)

E aí vamos a pior parte! Contar para seus pais! Sempre um dos dois lados fica mais abalado. No meu caso foi minha mãe. Enquanto meu pai me incentivava e dizia: “VAI!” Minha mãe chorava e dizia: “FICA!” A segunda pior parte foi contar para seus amigos. Na minha despedida meu melhor amigo ficou grudado no vidro do carro, não deixando eu ir. :~ PENSA NA DÓ! O engraçado agora, mas trágico na época, é que as pessoas se despedem como se você fosse morrer em poucas horas. E nessas horas, você não consegue pensar que em 45 minutos você está de volta. Que hoje tem WhatsApp, Skype, Facebook e todo o resto. A dor da distância real é algo difícil de lidar.

Screen Shot 2014-04-28 at 4.25.19 PM
FLORIPA, SUA DESGRAÇADA DE LINDA! :~

No dia da mudança, mal dormi. Minha despedida havia sido um dia anterior. Dei tchau para meu namorado no portão, mas com um sentimento de: “Eu sei que tu vai se jogar junto mais cedo ou mais tarde!” Sempre fomos muito parceiros e como ele também é Publicitário, já sabem né?! Nosso sonho de ir para São Paulo era recíproco.

No caminho para São Paulo (decidimos ir de carro!), lembro da minha mãe dormir, acordar chorando e dizer: “Se você quiser voltar agora, a gente volta! Não vou brigar com você! Teu pai faz o retorno aqui e voltamos!” Isso gente, abala qualquer decisão, qualquer objetivo definido, qualquer lado racional. Na visita aos apartamentos minha mãe chorava. Na hora de fazer as primeiras compras do mês no supermercado, minha mãe chorava. No dia que eles voltaram pra Floripa, nem olhar pra mim ela quis. Ela chorava também! O ~salvador da pátria~ foi meu pai, fazendo piadas de TUDO e chamando minha mãe de piti! (Meu pai é demais!) Sempre um dos lados tem que ser mais forte. Eu penso se fosse os dois chorando. Eu suportaria?! Não sei! (Ainda bem que meu pai é macho pra c******!)

Screen Shot 2014-04-28 at 4.27.21 PM

E assim passei meu primeiro mês sozinha. E até que não foi difícil. Era tudo muito novo, estava empolgada! Quando entrei na Locaweb, me senti no Google da California! hahaha A empresa aqui é MUITO grande, nunca tinha visto nada parecido antes! São mil funcionários! M-I-L! Fora que fui muito bem recebida por aqui, não deu tempo de bater deprê!

Screen Shot 2014-04-28 at 4.27.41 PM

Mas claro que os fins de semana chegavam e a saudade batia. Mas lembra do Skype? :) Porém, alguns dos seus amigos parecem querer avacalhar com seu coração. De vez em quando eu recebia coisas como essas:

Screen Shot 2014-04-28 at 4.26.12 PM(Amigas de infância, suas FDP’s! Fizeram suor escorrer pelos meus olhos!)

Fui visitar Floripa um mês depois, E TUDO estava melhor! Seus amigos ficam saudades querendo fazer mil coisas, sua relação com seus pais melhoram, você esmaga muito mais seus bichinhos de estimação, você passa a dar valor a tudo que antes você não dava muita bola. Exemplo?! Toda vez que passo pela ponte meus olhos enchem de lágrima e bato foto. (ridícula! hahaha) Aceite e não sinta vergonha, isso é apenas saudade! Ah e claro, o boy veio junto depois do meu primeiro mês aqui! <3 (Um dia ainda farei um post de como morar junto com o namorado e não querer jogar ele da varanda em crises de TPM!)

A gente faz um drama no começo, mas depois se acostuma. Hoje em dia eu saio de Sampa e chego em Floripa, antes do meu pai saindo de São José e indo para o Aeroporto me buscar. É rapidinho! Neste 1 ano morando em São Paulo, visitei Floripa 6 vezes. Praticamente, a cada dois meses estou por lá. E acredite, seus amigos de verdade irão te visitar! Já tiveram meses que não tive descanso nos fins de semana. Eram visitas todo sábado e domingo aqui em Sampa! <3 <3 <3 Muito amor!

Então se você tem a mesma vontade que eu tive, não pense muito! Se joga e vai! Claro, se planejar faz bem, mas as vezes precisamos ter mais atitude do que planejamento. Faça contatos, foque nos seus objetivos, não tenha medo da mudança! As coisas não acontecem para quem fica parado. Meu mantra foi a frase abaixo, e quem sabe pode ser o empurrão que faltava para você sair da zona de conforto e fazer algo acontecer! :)

Screen Shot 2014-04-28 at 4.27.12 PM

Teve uma experiência parecida, conta aqui pra gente! <3
Quer se mudar para Sampa e precisa de algumas dicas? Pode contar comigo! :)

—–

Ah e pra quem quer saber o estado que minha mãe se encontra hoje, ela está bem viu?! Nos falamos sempre, damos risadas via Facebook e Telefonemas. Ela já veio para Sampa duas vezes depois da mudança, e claro, sempre me levando a falência! (Fazemos sempre um roteiro de compras! Somos sacoleiras, somos do povão, somos 25 de março com amor!) hahahaha :)